Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Univasf traz história de Sigmund Freud de Londres para Petrolina

Notícias

Univasf traz história de Sigmund Freud de Londres para Petrolina

publicado: 07/03/2017 15h18 última modificação: 09/03/2017 14h55
Brena Souza

Conhecido como o “Pai da Psicanálise”, Sigmund Freud é apresentado na exposição internacional “Freud: sua época, nosso tempo”, em 30 fotografias que retratam diversos momentos da vida do médico, pai, professor universitário, amigo e amante de animais de estimação. A exposição está em cartaz no hall da Reitoria da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Campus Sede, em Petrolina (PE), e pode ser visitada até o dia 7 de abril, das 8h às 18h. As fotos integram o acervo do Museu Freud, em Londres. 

A exposição é realizada pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da Univasf, através da Diretoria de Arte, Cultura e Ações Comunitárias (DACC), em parceria com o Museu Freud. A ideia de apresentar a mostra na Univasf surgiu a partir da visita do curador e diretor da DACC, professor Fulvio Torres Flores, ao Museu Freud, última residência de Sigmund Freud, que ao deixar Viena se estabeleceu em Londres. 

As fotos, coloridas e em preto e branco, são acompanhadas por textos explicativos, que em conjunto apresentam o médico vienense ainda criança com seu pai, em momentos com a família, amigos, com seus animais de estimação e se dedicando ao trabalho, revelando em Freud também um homem comum. As imagens abrangem desde sua infância em Viena até a velhice no final dos anos 1930 em Londres, onde morreu após escapar da perseguição nazista. 

O título da exposição originou-se a partir das biografias “Sigmund Freud: na sua época e em nosso tempo”, de Elisabeth Roudinesco, e “Freud uma vida para nosso tempo”, escrita pelo historiador Peter Gay. Fulvio Torres, que assina os textos da mostra, ressalta que o Pai da Psicanálise é retratado em uma dimensão real, de homem comum e extraordinário ao mesmo tempo. “A exposição pretende criar uma impressão, um impacto e uma ideia geral sobre o homem Freud em suas diversas facetas de vida”, destaca. 

Museu Freud - As imagens fazem parte do acervo do Museu Freud, inaugurado em 1986, que detém os direitos autorais das fotografias e gentilmente as cedeu para a exibição. O museu possui uma vasta biblioteca, obras artísticas, mobília e cerca de 25 mil documentos de autoria de Freud e relacionados ao médico. Além disso, o museu também oferta oficinas, seminários e serviços educacionais, a fim de preservar vida e obra do Pai da Psicanálise.