Você está aqui: Página Inicial > Arquivos e Notícias para a página inicial > Notícias > Nota de esclarecimento sobre o Bônus Regional

Notícias

Nota de esclarecimento sobre o Bônus Regional

por publicado: 10/02/2022 21h00 última modificação: 10/02/2022 21h04

ÁREA DE ABRANGÊNCIA DO BÔNUS

De acordo com DECISÃO 110/2021  do CONUNI , o bônus regional será aplicado às Regiões Geográficas Intermediárias nas quais a UNIVASF possui campus são as de Juazeiro - BA (Código IBGE da região: 2908), Paulo Afonso - BA (Código IBGE da região: 2909), Petrolina - PE (Código IBGE da região.

 

Desde 2017, o IBGE realizou a divisão Regional do Brasil em Regiões Geográficas Imediatas e Regiões Geográficas Intermediárias, incorporando mudanças ocorridas no território nacional ao longo das últimas três décadas. De acordo com essa divisão proposta pelo IBGE, uma Região Geográfica Imediata é constituída por municípios que possuem centros urbanos próximos e que compartilham atividades voltadas para o atendimento de necessidades imediatas da população. A Região Geográfica Intermediária, por sua vez, corresponde a uma parcela da Unidade da Federação que agrupa um conjunto de Regiões Geográficas Imediatas, as quais são articuladas por meio da influência de uma cidade-polo.


Exemplo: De acordo com o IBGE, A Região Geográfica Imediata de Senhor do Bonfim (Código IBGE: 290023) e a Região Geográfica Imediata de Juazeiro (Código IBGE: 290022) constituem a Região Geográfica Intermediária Juazeiro (Código IBGE: 2908).

SOBRE  ACUMULAÇÃO DE POLÍTICAS AFIRMATIVAS NO SISU

Em observância ao  cumprimento da Lei nº 12.711/2012 e a  Portaria Normativa nº 21/2012 - (https://sisugestao.mec.gov.br/) que estabelece as regras para inscrição e adesão aos processos seletivos do Sisu, a qual preconiza que o candidato deve optar por uma das ações afirmativas possíveis, não sendo permitida a aplicação cumulativa, conforme consulta realizada ao Ministério da Educação - MEC, quando do preenchimento do Termo de Adesão SiSU 2022. Desse modo, compreende-se quê: as Universidade Federais têm 50% de suas vagas reservadas pela Lei 12711/2012  ( escolas públicas, renda etc). Portanto,  para a adoção de ações afirmativas próprias, restam 50% das vagas referentes a ampla concorrência. Ou seja, um curso com 40 vagas , apenas 20 (denominada ampla concorrência) podem ser usadas para aplicação de  ações afirmativas próprias da universidade. Sendo assim, a bonificação ( acréscimo de 10% à nota) incide sobre as 20 vagas denominadas ampla concorrência. 

 

registrado em: